MULHER X BOLSA PESADA X SALTO ALTO = DOR LOMBAR

 
 
back of beautiful woman
 

Quem nunca ouviu alguma mulher reclamar de dor nas costas devido ao excesso de peso na bolsa? Ou que ela não consegue mais andar sem sapato de salto alto, em decorrência de dores nos pés? Qualquer tipo de dor na lombar é sempre um sinal de que algo está errado e merece atenção especial.

Dores nas costas podem ser causadas por simples hábitos errados como sedentarismo, OBESIDADE e tabagismo. Pode ser também uma manifestação de doenças como depressão, fibromialgia, câncer, artrites, hérnia de disco, osteoartrose (bico de papagaio), cálculo renal, aneurisma de aorta, úlcera gástrica, entre outras.

Nas mulheres, em especial, além dos hábitos inadequados e de possíveis doenças, a endometriose e os fatores hormonais podem ser um agravante. Além disso, quem tem seios volumosos deve ter muito cuidado, pois o peso faz a coluna se curvar para frente. Nestes casos, deve-se avaliar o caso para verificar se há necessidade de sutiã apropriado ou até cirurgia para redução das mamas.

Com todas estas possibilidades descartadas, outro vilão das mulheres são os costumes inadequados, como as bolsas pesadas. Carregá-las em um único ombro faz a coluna ficar sobrecarrega, desequilibra a musculatura, facilita as contraturas e o desgaste das estruturas, podendo causar o aparecimento de hérnias de disco.

Outra questão importante é o uso de sapatos de salto alto. Quando o salto é superior a 4 centímetros e utilizado diariamente, pode provocar o encurtamento da panturrilha, ocasionando, além das dores na coluna, dores nos pés. Existem também outros fatores de risco que também podemos ressaltar, como: Postura inadequada em frente ao computador; Praticar exercícios físicos sem orientação adequada de um profissional; Noites mal dormidas; Tabagismo, que vem aumentando entre as mulheres; Estresse emocional; Avançar da idade.

Tratamento

O ideal é sempre investigar as causas das dores. A mudança dos hábitos diários também é importante, uma vez que erros de postura crônica podem aumentar o desgaste das estruturas da coluna, provocando problemas mais sérios. Deve-se evitar curvar a coluna para frente, como quando levantamos da cama, entramos no carro ou simplesmente escovamos os dentes.

Mais um erro comum, dessa vez, por questões culturais, é o auto medicamento. Com o fácil acesso aos medicamentos nas prateleiras das farmácias ou, até mesmo, por indicação das amigas, é rotina do brasileiro tomar remédio quando sente dor. Isso é completamente errado, por que pode mascarar alguma doença grave.

Ainda vale salientar que o medicamento que faz bem para uma pessoa pode fazer mal para outra. Medicamentos como anti-inflamatórios devem ser usados com cautela em pacientes com pressão alta ou problemas gástricos e renais.

Também vale ficar atenta a sinais que podem indicar um problema mais sério, como dor noturna, perda de peso e dor acompanhada por grandes fraquezas

CLIQUE AQUI E CONHEÇA MINHA FÓRMULA QUE ACABA COM AS DORES NAS COSTAS

 

Smartphone prejudica a coluna cervical

Dependendo do tempo que você fica usando o seu Smartphone, ele pode prejudicar a sua coluna cervical. Um estudo americano mostra que o uso excessivo leva a sérios danos.

Dependendo do grau de flexão da coluna cervical, a pressão na coluna cervical pode ir de 4kg até cerca de 27 Kg. 

Veja a figura:

 

cervical e celular
Força que a cabeça exerce sobre a coluna cervical quando esta está em flexão

 

CLIQUE AQUI E CONHEÇA MINHA FÓRMULA QUE ACABA COM AS DORES NAS COSTAS

Quanto mais a cabeça for inclinada para frente, maior é a pressão exercida sobre a coluna cervical. A cabeça tem um peso médio de 6kg, então, quando ela se desloca para frente, automaticamente as pressões na coluna cervical começam a aumentar.

Quando a pessoa passa muitas horas por dia olhando seu celular com o pescoço inclinado, a chance dela desenvolver alterações na curvatura da coluna cervical é alta. Com o tempo, surgem as lesões discais, articulares e ligamentares. Lesões muitas vezes irreversíveis.

Portanto, o ideal é que você não flexione tanto seu pescoço ao examinar seu Smartphone e nem se distraia por horas a fio nele. O preço pode ser muito alto num futuro bem próximo.

 

CONHEÇA MINHA FÓRMULA QUE ACABA COM AS DORES NAS COSTAS

 

 

Qual remédio funciona para dor nas costas?

Fiz uma pesquisa recente e descobri que a grande maioria das pessoas usam medicamento para dores nas costas. Mas qual remédio para dor nas costas tomar? Qual o mais adequado para este tipo de problema?

medicamento para dores nas costas
medicamento para dores nas costas

Muita gente sofre de dores nas costas – e em muitos casos as dores são crônicas (duram mais de 3 meses) e são difíceis de serem eliminadas. Porque isso ocorre?

Até hoje essa dúvida persiste em muitos pacientes (e até mesmo em médicos) e não se tem ainda uma resposta única para este problema. Fatores como estresse, trabalho em excesso na posição sentada, sedentarismo e obesidade são somente alguns dos fatores que podem gerar a dor – e mesmo sem uma causa anatômica específica elas podem durar anos.

Vários tratamentos são utilizados e o medicamento para dores nas costas mais comum na fase inicial da dor são os analgésicos simples.  Fazem parte desta categoria de medicamentos:

– ibuprofeno (Alivium®, Advil®, entre outros) -remédio para dores nas costas muito usado também por ser vendido sem receita.

– dipirona (Novalgina®, Dorflex®, Lisador®, em associação com outros componentes) – um medicamento muito bom, e que tem uma boa segurança quando se precisa aumentar a dose.

– paracetamol (Tylenol®) = medicamento muito utilizado nos Estados Unidos para o tratamento inicial da dor lombar, pois pode ser comprado sem receita médica.Este medicamento tem o problema de ser tóxico em doses elevadas (doses acima de 4g ao dia podem acabar com o seu fígado rapidamente).

*Um estudo Australiano recente acabou de demonstrar que o paracetamol não tem nenhum impacto real sobre a dor na coluna. Portanto, se você é adepto deste medicamento para dores nas costas, vale a pena repensar seu uso, já que pode intoxicar seu fígado a troco de nada.
Remédio para dores nas costas podem melhorar quadros de dor leve. Mas lembre-se sempre que o uso de medicamento para dores nas costas deve ser recomendado por médicos. Esse post serve simplesmente como orientação, não substituindo a consulta com um médico para avaliação da melhor conduta medicamentosa a ser tomada no seu caso específico.

Existem formas mais naturais de alívio para dores na coluna que não envolvem a intoxicação de órgãos por medicamento para dores nas costas e você não corre o risco piorar mais ainda a sua saúde. A maior parte das dores nas costas se concentra no mau uso dela.

Nós não recebemos uma educação adequada quanto aos cuidados com a nossa coluna. Bons hábitos posturais no nosso dia a dia podem contribuir -e muito- para a supressão dos terríveis sintomas de dores nas costas.

PARE AGORA DE SE MEDICAR. CLIQUE AQUI E DESCUBRA COMO

Desafio Dor nas Costas Nunca Mais 1

 

Faça um comentário sobre o DESAFIO DOR NAS COSTAS NUNCA MAIS no Facebook. É muito importante dividir nossa opinião com outras pessoas. Assim, a gente aprende mais!

 

ASSINE O BLOG AÍ AO LADO E RECEBA MEU CONTEÚDO ATUALIZADO SEMANALMENTE!  ⇒ ⇒ ⇒ ⇒ ⇒ ⇒